Por que sofremos? Causa das aflições.

Por que sofremos? Causa das aflições. - Site Espiritismo na Prática - Grupo de Estudos Espírita Paulo de Tarso
Ícone de views - Site Espiritismo na Prática - Grupo de Estudos Espírita Paulo de Tarso Views: 52
0 comentário(s)

A maioria das aflições, se não todas elas, são provenientes de vícios, de más inclinações, más atitudes ou ações que realizamos por desconhecimento ou teimosia, em relação ao conhecimento das Leis Divinas, embora, quem é cristão tem o conhecimento das Leis de Deus no Evangelho de Jesus mesmo assim não pratica.


Essas aflições elas possuem duas espécies as que são geradas nesta ou em encarnações passadas, como nos ensina o Espiritismo na obra “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, em seu capítulo 5, que aliás é o maior capítulo dessa obra, porque será né?



As vicissitudes da vida são de duas espécies, ou, se quisermos, tem duas origens bem diversas, que importa distinguir: umas têm sua causa na vida presente; fora desta vida.” - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5



Os males dessa espécie constituem, seguramente, um número considerável das vicissitudes da vida. O homem os evitará, quando trabalhar para o seu adiantamento moral e intelectual.” - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5



O mais interessante disso tudo, é que a maioria das aflições que passamos em nossa vida, nós não precisaríamos delas, não precisariam existir em nossas vidas, mas que por falta de esclarecimento, de disciplina, de educação espiritual de nossa parte, nós acabamos por impulso tomar as decisões erradas e aí a dor bate forte, como consequência.


Emmanuel vem abordar esse tema de outro prisma, que é a questão das aflições. Diz Emmanuel:



Cada criatura retorna à Terra com a aflição que lhe diz respeito às lides regeneradoras.” - Ceifa de Luz - Emmanuel



Em toda parte, encontra a criatura a aflição quando vista por ensinamento bendito, propondo-lhe as mais belas conquistas espirituais para a Esfera Superior.Ceifa de Luz - Emmanuel



Ante as dificuldades do cotidiano, exerçamos a paciência, não apenas em auxílio aos outros, mas igualmente a favor de nós mesmos.” - Encontro Marcado - Emmanuel


Há algumas aflições que são geradas por relacionamentos, de todos os tipos, que resultam como um exercício de incompatibilidades ou de atividades de submissão de uma parte para com a outra.


Dessa forma, entendemos que essas uniões ou relacionamentos que geram aflições são provocadas pelo jogo de interesses, sejam monetários, de posicionamento social, dos distúrbios do ego ou por apegos da emoção impulsiva que afetam o discernimento da criatura.


Então, essa problemática resulta em desastres que geram aflições temporárias que com o passar do tempo vão sendo superados, mas há pessoas que não conseguem superar essas aflições e convive com elas por longo tempo, pois as alimenta diariamente, causando grandes perturbações e até enfermidades devido ao apego àquela aflição.


E a obra o "O Evangelho Segundo o Espiritismo" fala o seguinte sobre esses tipos de relacionamentos aflitivos:



Quantas uniões infelizes, porque resultaram dos cálculos do interesse ou da vaidade, nada tendo com isso o coração! Que de dissensões de disputas funestas, poderiam ser evitadas com mais moderação e menos suscetibilidade! Quantas doenças e aleijões são o efeito da intemperança e dos excessos de toda ordem!” - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5



Aí ficamos nos perguntando, é necessário que haja aflição? Então, Emmanuel nos responde o seguinte:



Entretanto, os bem aventurados do Evangelho são os aflitos que não provocam novas aflições.


São aqueles que aceitam a dor e nela acatam os Divinos Desígnios.” - Reconforto - Emmanuel



Já falamos anteriormente que a aflição é uma oportunidade de regeneração de nossa alma, pagando débitos passados, mas só para recordar eu vou reler o que falamos anteriormente:



Cada criatura retorna à Terra com a aflição que lhe diz respeito às lides regeneradoras.” - Ceifa de Luz - Emmanuel



Então, diante das aflições sigamos o seguinte ensinamento, que se você fizer isso, tenho certeza absoluta, que todas as aflições serão passageiras e algumas nem te perturbarão, acompanhe a mensagem de Emmanuel:



Se algo te aflige a vida,


Não desesperes. 


Faze silêncio e ora.” - O Essencial - Emmanuel



Lembre-se da mensagem de Jesus:


Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. Mateus 5:4



Na maioria das vezes, nós nos esquecemos que acompanham-nos Espíritos amigos que gostam de nós e querem nos ajudar, no entanto, não buscamos a sintonia com eles.


O Livro dos Espíritos” nos afirma na pergunta 491 e nas demais que cada ser encarnado possue pelo menos um amigo invisível que nos chamamos ele de nosso Espírito protetor, que nos serve como o pai que ampara o seu filho.


Então, Leon Denis vem nos recordar sobre esse pai e amigo que nos segue o caminho, nos intuindo, nos inspirando, trabalhando em nosso favor, atuando sobre nossas escolhas e nos protegendo de caminhos e pessoas perigosas, mas que na maioria das vezes, não os ouvimos por falta de sintonia de nossa parte, pois não temos os olhos de ver e nem os ouvidos de ouvir, como menciona o nosso amado Mestre Jesus.


Diz, Leon Denis, o seguinte:



Muitas vezes, estão ao nosso lado, amigos invisíveis, prontos a nos assistir na aflição, a nos socorrer no infortúnio; e esta certeza nos infunde a serenidade de espírito, a força moral na provação.- Livro Cristianismo e Espiritismo - Leon Denis



E olha só, muitas vezes, nós também ficamos aflitos por antecipação, de alguma coisa que nos perturba sem mesmo ter acontecido ou que ainda é uma probabilidade de acontecer.


E isso é um sinal de de perturbação íntima que pode gerar uma doença física ou psicológica, como a Ansiedade, por exemplo e, não é a toa que no mundo hoje, muitos de nós estamos tomando remédio tarja preta devido a nossa falta de educação espiritual e de disciplina.


Então, encontramos na obra “Sinal Verde”, a seguinte mensagem:



Não se aflija por antecipação, porquanto é possível que a vida resolva o seu problema, ainda hoje, sem qualquer esforço de sua parte.” - Sinal Verde - André Luiz



E há aqueles que se afligem pelo dia de amanhã, se afligem pelo fato de estarem sendo injustiçados ou sendo acusados indevidamente.


Para esses assuntos, vamos recordar a mensagem de Jesus:



Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.Mateus 5:6



Para finalizar o nosso estudo de hoje quero deixar 4 mensagens do capítulo 5 da obra “O Evangelho Segundo o Espiritismo” para que possamos refletir:



Os sofrimentos produzidos por causas anteriores são sempre, como os decorrentes de causas atuais, uma consequência natural da própria falta cometida.” - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5



O homem não deve esquecer-se jamais de que está num mundo inferior, onde só é retido pelas suas imperfeições.” - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5



Bem-aventurados os aflitos, pode, portanto, ser assim traduzido: Bem-aventurados os que têm a oportunidade de provar a sua fé, a sua firmeza, a sua perseverança e a submissão à vontade de Deus, porque eles terão centuplicado as alegrias que lhes faltam na Terra, e após o trabalho virá o repouso.”  - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5



O fardo é proporcional às forças, como a recompensa será proporcional à resignação e à coragem. A recompensa será tanto mais esplendente, quanto mais penosa tiver sido a aflição. Mas essa recompensa deve ser merecida, e é por isso que a vida está cheia de tribulações.”  - O Evangelho Segundo o Espiritismo - CAP. 5


Lembremo-nos sempre que a aflição existe porque estamos em um mundo de provas e expiações, é natural que nessa categoria de mundo as aflições tomem conta de nosso Ser, mas que podemos diminuir ou evitar as aflições buscando conhecimento, estudo, e esforço em melhorar-se como Ser e Espírito.


Espero que tenham apreciado o nosso estudo de hoje.

Tags para Pesquisa

aflições porque sofremos sofrimento aflição causa das aflições

Destacamos para você

Temos 0 comentário(s) neste artigo

Faça o seu comentário sobre este artigo: